Notícias sobre saúde de Michael Schumacher "não são boas"

Antigo patrão da Ferrari não adiantou pormenores, limitando-se a recordar a carreira do piloto alemão

O antigo presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, disse que as notícias sobre o estado de saúde de Michael Schumacher "não são boas". O piloto alemão, de 47 anos, continua a receber tratamento na sua casa na Suíça, após ter sofrido um acidente de esqui em França, em dezembro de 2013.

"Tenho notícias e infelizmente não são boas", disse Montezemolo, citado pela Reuters, sem acrescentar mais pormenores, limitando-se a dizer: "A vida é estranha. Ele era um piloto fantástico e só teve um acidente na Ferrari em 1999."

Schumacher, que foi sete vezes campeão do mundo de Fórmula 1, esteve em coma durante seis meses, tendo depois sido transportado para a sua casa na Suíça. Perante a gravidade dos ferimentos, tanto a família como os médicos foram sempre cautelosos quanto ao tempo que poderia levar Schumacher a recuperar. Em novembro de 2014, um dos médicos que acompanhava o antigo piloto, o francês Jean-François Payen, disse que o alemão iria precisar de anos para recuperar.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG