Mundial de 2023 será realizado em França

Contrariando o favoritismo que era atribuído à candidatura sul-africana, a World Rugby resolveu hoje atribuir a organização da Taça do Mundo de 2023 a França, que voltará assim a receber o evento depois de 2007

A federação mundial de râguebi, Word Rugby, anunciou esta tarde que a Taça do Mundo de râguebi de 2023 decorrerá em França, após a votação que decorreu na reunião do seu Conselho, ao fim da manhã, em Londres.

Com três países concorrentes (África do Sul, Irlanda e França) foi necessário efetuar duas rondas para a decisão final. Na primeira, a organização francesa recebeu 18 votos contra 13 dos sul-africanos e oito para os irlandeses. Na ronda final a França teve 24 votos, bem acima dos 15 da África do Sul.

A França irá assim receber pela segunda vez, depois de 2007 (onde Portugal esteve presente pela única vez num fase final) o maior evento da modalidade - e terceiro a nível mundial depois do mundial de futebol e dos Jogos Olímpicos - que é realizado a cada quatro anos. Será a 10.ª edição da Taça do Mundo, precisamente 200 anos depois de William Webb Ellis ter dado origem à modalidade.

O presidente da World Rugby, o inglês Bill Beaumont, afirmou: "Parabéns à França por esta escolha. A sua candidatura foi muito forte e claramente impressionou o Conselho que lhe deu o seu apoio maioritário. Tivemos três excelentes candidaturas, todas garantindo o que pretendíamos e mostrando serem capazes de receber este grande evento. Pouco as distinguia tal como os relatórios de auditoria independentes assim refletiram. Queria agradecer à Irlanda e África do Sul pela sua dedicação e capacidade de resposta durante este rigoroso e transparente processo de seleção e espero que tentem de novo candidatar-se em futuros Mundiais. Agora é tempo de se iniciar um trabalho conjunto com a França para organizarmos aquilo que acredito ir ser uma fantástica Taça do Mundo".

Recorda-se que o próximo Mundial será realizado no Japão entre setembro e novembro de 2019 e que a Nova Zelândia conquistou as duas últimas edições, em 2011 e 2015.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG