Mourinho conquista a taça e entrada direta na Champions

Manchester United vence Ajax por 2-0 e o treinador português chega aos quatro troféus europeus: só Trapattoni tem mais

O Manchester United conquistou ontem pela primeira vez a Liga Europa, o único troféu que lhe faltava no museu, ao vencer o Ajax, em Estocolmo, por 2-0. O francês Paul Pogba e o arménio Mkhitaryan marcaram os golos da equipa de José Mourinho, treinador que esteve sempre muito tranquilo no banco de suplentes, afinal os seus jogadores controlaram sempre a partida, com os holandeses a revelarem-se incapazes de incomodar verdadeiramente a baliza defendida por Sergio Romero.

Esta acabou por ser uma conquista muito importante para o Manchester United, uma vez que além do troféu conseguiu ainda o apuramento direto para a fase de grupos da Liga dos Campeões do próximo ano, algo que não conseguiu alcançar através da Premier League, na qual ficou em sexto lugar. Aliás, à medida que a época foi avançando, as dificuldades dos red devils em alcançar os lugares de acesso à Champions via campeonato aumentaram, o que obrigou Mourinho alterar as prioridades da temporada, passando a Liga Europa a ser um dos objetivos primordiais.

Com a conquista de ontem pode mesmo dizer-se que a primeira época do técnico português em Old Trafford acabou por ser bem positiva, pois venceu também a Community Shield (supertaça inglesa) e a Taça da Liga. Aos 54 anos, Mourinho tornou-se o único treinador a ter no seu palmarés duas Champions e duas Taças UEFA/Liga Europa.

No entanto, ainda não é o mais titulado nas provas europeias, pois ainda está a um troféu do italiano Giovanni Trapattoni, que contabiliza cinco: uma Champions, três Taças UEFA e uma Supertaça europeia. É, aliás, este último troféu que Mourinho vai tentar conquistar pela primeira vez, a 8 de agosto, em Skopje, na Macedónia. E tendo em conta que o técnico português venceu 12 das 14 finais que disputou na carreira - as duas que perdeu foram no prolongamento -, é bom que o próximo vencedor da Liga dos Campeões (Real Madrid ou Juventus) tenha cuidado nessa partida.

A grande festa de Mourinho

O Manchester United conquistou o direito a entrar no restrito lote de clubes com todos os troféus europeus, em que apenas estavam Ajax, Bayern Munique, Chelsea e Juventus. E fê-lo fazendo valer a maior experiência dos seus jogadores, que souberam controlar os momentos do jogo e anular por completo o ataque vertiginoso do Ajax. Aliás, a equipa holandesa poderá ter pago o facto de ter apresentado no relvado da Friends Arena o onze inicial mais jovem de sempre numa final europeia, com uma média de idades de 22 anos e 282 dias, destacando-se o defesa-central Matthijs, de Ligt (17 anos e 285 dias), o mais jovem titular numa final europeia, superando o inglês Jimmy Greaves.

O apito final do árbitro esloveno Damir Skomina fez explodir a alegria entre os adeptos ingleses, nos jogadores do United e em Mourinho, que poucas vezes na sua carreira terá demonstrado tanta alegria após conquistar um dos 25 troféus que tem no currículo. O treinador português, visivelmente emocionado, começou por abraçar o filho, tendo ambos caído no relvado, e foi muito cumprimentado pelos seus jogadores, que o atiraram ao ar.

Entre as estrelas do Manchester United que mais celebraram estavam os vários lesionados, entre os quais dois de canadianas: o argentino Marcos Rojo e Zlatan Ibrahimovic. O sueco teve assim oportunidade de festejar na final realizada no seu país e no estádio a que até já apelidam de Zlatan Arena, em sua homenagem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG