Morreu a única mulher a ser escolhida no 'draft' da NBA

A "Rainha do Basquetebol" ​​​​​​​Lusia Harris morreu os 66 anos no Mississipi.

Lusia Harris, única mulher a ser escolhida num 'draft' da Liga masculina norte-americana de basquetebol (NBA), morreu na terça-feira aos 66 anos, anunciou a família.

"Lamentamos profundamente anunciar que o nosso anjo, matriarca, irmã, mãe, avó, medalhada olímpica, a Rainha do Basquetebol, Lusia Harris, morreu hoje inesperadamente no Mississipi", escreveu a família da ex-basquetebolista, em comunicado.

A família lembra que os últimos meses trouxeram "grande alegria" a Lusia Harris, como o casamento do filho mais novo e um documentário sobre a sua história.

Harris foi escolhida no 'draft' de 1977 pelos New Orleans Jazz, mas acabou por não integrar os testes da equipa por estar grávida na altura, já depois de ter ajudado a equipa da Delta State University a três títulos nacionais consecutivos, sendo ainda a melhor marcadora (2981) e jogadora com mais ressaltos (1662) da universidade.

Lusia Harris marcou os primeiros pontos num torneio olímpico feminino em 1976, quando conquistou a medalha de bronze em Montreal, e foi a primeira mulher negra a integrar o 'Hall of Fame' do basquetebol, em 1992.

Em 2021, a carreira de Lusia Harris foi retratada numa curta-metragem documental, "A Rainha do Basquetebol".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG