Milhares de adeptos em Alvalade à espera do Sporting campeão

Equipa de Rúben Amorim joga esta noite com o Boavista e se vencer é campeã nacional ao fim de 19 anos. Adeptos já estão ao rubro nas imediações do estádio.

Para quem está há 19 anos à espera de festejar um título nacional é difícil controlar a ansiedade quando se está a dois pontos de ser campeão nacional novamente. Por isso mesmo, e apesar do jogo com o Boavista (20.30, Sport TV) ser à porta fechada por causa da pandemia, os adeptos decidiram mostrar que acreditam e começaram a juntar-se nas imediações do Estádio José Alvalade logo pela manhã.

Depois de almoço já eram milhares os sportinguistas em festa e rapidamente chegaram DJ para animar quem esperava.

Apesar de Portugal já ter desconfinado parcialmente, ainda não são permitidos ajuntamentos de centenas de pessoas, mas isso não impediu os adeptos de se juntarem em prol de "um grande amor" e esquecendo as regras sanitárias mais básicas como o distanciamento e uso de máscara.

Por isso mesmo a polícia reforçou o apelo para o usos de máscara (obrigatório) e o distanciamento físico, para não "tornar a festa num pesadelo".

A PSP já delineou um plano de segurança para o desfile dos campeões. Será em dois autocarros abertos entre o Estádio José Alvalade e a Praça Marquês de Pombal, depois da meia noite (percurso: Campo Grande, Entrecampos, Avenida da República, Saldanha, Avenida Fontes Pereira de Melo, Marquês). A partir das 20.30 o trânsito entre o Saldanha e o Marquês de Pombal será cortado para permitir a passagem do corso leonino.

Para que a festa seja "uma manifestação ordeira" é proibido o consumo de bebidas alcoólicas na via pública. E será um percurso em andamento e sem paragens. Isto na teoria, na prática logo se vê como corre.

O Sporting tem esta terça-feira a oportunidade de conquistar o 19.º título de campeão, 19 anos depois do último (2001-02). Se vencer o Boavista em jogo da 32.ª jornada da I Liga, a festa verde tomará conta do País.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG