Maiores do futebol somam 249 milhões em prejuízos

As SAD dos três habituais candidatos ao título apresentam em conjunto um prejuízo de 249,1 milhões de euros desde a sua constituição

O Benfica volta a liderar os preju+izos, com um resultado negativo acumulado de 105,9 milhões de euros, quase o dobro dos 53,3 milhões de euros do FC Porto, enquanto a SAD do Sporting apresenta um prejuízo de 90,9.

"O Sporting é o que está na situação mais difícil, porque tem um endividamento muito grande e capacidade limitada de gerar receitas. O Benfica é de longe o que está mais endividado, mas também consegue produzir muito mais receitas", sustentou à Lusa o economista Jaime Antunes.

De acordo com os relatórios referentes ao primeiro trimestre da temporada 2010/11, o FC Porto é o único dos três que cumpre o artigo 35 sobre os capitais próprios (activo menos passivo da sociedade), que devem ser superiores a metade do capital social.

O economista advertiu que à dívida aos bancos é preciso somar a emissão de empréstimos obrigacionistas e os efeitos da política de antecipação de receitas: "É incontornável. Os clubes só podem sobreviver se reduzirem as despesas".

 

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG