Jurgen Klopp nega que Philippe Coutinho esteja perto de assinar pelo Barcelona

Clube catalão já viu serem rejeitadas duas ofertas

O treinador do Liverpool, Jurgen Klopp, reafirmou esta quinta-feira que não há nenhuma novidade em relação ao futuro de Philippe Coutinho, ele que, há uma semana, tinha negado que o futebolista brasileiro estivesse próximo de assinar pelo Barcelona.

O clube catalão viu rejeitadas duas ofertas, a última das quais de 90,4 milhões de libras (cerca de 99 milhões de euros), para adquirir o passe de Coutinho, o qual fez saber oficialmente do seu desejo de abandonar o Liverpool e rumar a Camp Nou.

Entretanto, na quarta-feira à noite, Pep Segura, diretor geral do Barcelona, afirmou que a equipa iria ser reforçada nos próximos dias e mostrou-se esperançado em fechar as contratações de Coutinho e do francês do Borússia Dortmund, Ousmane Dembelé.

"Não sei por que é que dizem tais coisas. Nem sei quem ele é [Pep Segura], nunca o conheci. Já dissemos o que tínhamos a dizer: não há novidades. Ninguém neste clube me disse nada desde que falámos pela última vez", afirmou Klopp, quando questionado sobre o teor das declarações do diretor geral do FC Barcelona.

Philippe Coutinho, de 25 anos, fez saber à junta diretiva do Liverpool a sua decisão de abandonar o clube, poucas horas depois de os responsáveis do clube terem deixado claro, em comunicado, que o jogador não seria transferido neste mercado de Verão.

De notar que Coutinho não alinhou nos dois primeiros jogos oficiais dos reds esta época, na Premier League, frente ao Watford, que terminou com um empate a três golos, e na pré-eliminatória da Liga dos Campeões, frente aos alemães do Hoffenheim, que a equipa inglesa venceu por 2-1, mas o Liverpool insiste que a ausência se deveu a uma lesão nas costas e não às especulações acerca do seu futuro.

No próximo sábado à tarde, o Liverpool defronta o Crystal Palace para a Liga inglesa e Klopp já confirmou que Coutinho não jogará devido a problemas musculares.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG