Jorge Mendes descarta responsabilidade na 'fuga' de Ronaldo ao fisco

Agente FIFA depôs esta manhã em tribunal

Jorge Mendes, empresário FIFA de Cristiano Ronaldo, depôs esta quinta-feira em tribunal no caso que as finanças espanholas estão a investigar de uma alegada fuga ao fisco por parte do internacional português. O agente, contudo, negou qualquer envolvimento.

No Porto, e através de video-conferência, Jorge Mendes explicou que não teve "nada a ver" com os atos que as finanças estão a investigar e nem sequer com a contratação de advogados e conselheiros financeiros para o 'esquema' de fuga ao fisco na ordem de 14,8 milhões de euros que as finanças espanhola reclamam ao capitão da seleção portuguesa.

Além de Jorge Mendes, também Luís Correia, da Gestifute, e o advogado Osório de Castro foram ouvidos pelo tribunal.

No final das audições, Jorge Mendes, que vai rumar a Paris ainda esta manhã para a cerimónia da Bola de Ouro, que deverá ser entregue a Cristiano Ronaldo, salientou que este troféu até irá "amargar" pelas desconfianças em torno de CR7 e de si próprio.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG