Jogos teste do vídeo-árbitro terão alternância entre árbitros principais

Os três jogos que servirão de teste à implementação do vídeo-árbitro na I Liga vão ter alternância no árbitro principal, mantendo-se os quatro árbitros no visionamento do vídeo

"Na sequência da introdução do vídeo-árbitro nos jogos da I Liga 2017/2018, três jogos da pré-epoca vão servir de preparação para a introdução do vídeo-árbitro na principal competição profissional", pode ler-se na notícia colocada na página da FPF.

Segundo o organismo, os jogos Sporting-Mónaco e Benfica-Hull City (ambos no sábado) e Vitória de Guimarães-FC Porto (domingo) vão ter equipas alargadas de quatro vídeo-árbitros a auxiliar as equipas de arbitragem.

Ainda de acordo com a FPF, "a intensificação da preparação para o vídeo-árbitro trará igualmente inovação no que diz respeito aos árbitros principais. Assim, estes três encontros particulares alterarão o árbitro principal ao intervalo da partida, como forma de testar a comunicação entre os quatro vídeo-árbitros e o chefe da equipa", sendo que "os testes realizados serão em modo 'live', com comunicação em direto com o árbitro principal".

No sábado, no jogo entre o Sporting e o Mónaco, serão vídeo-árbitros Manuel Mota, Manuel Oliveira, João Pinheiro e Vasco Santos, sendo que Artur Soares Dias dirigirá a primeira parte e Hugo Miguel a segunda.

No mesmo dia, o Benfica enfrenta o Hull City, tendo como vídeo-árbitros Bruno Esteves, João Capela, António Nobre Bruno Paixão, enquanto Hélder Malheiro vai dirigir a primeira parte e Nuno Almeida a segunda.

No domingo, o FC Porto desloca-se a Guimarães, jogo em que o sistema de vídeo-árbitro ficará a cargo de Luís Ferreira, Vítor Ferreira, Carlos Xistra e Rui Costa, ficando a arbitragem a cargo de Jorge Sousa na primeira parte e de João Pinheiro na segunda.

O recurso ao vídeo-árbitro vai entrar em vigor na edição 2017/18 da I Liga de futebol.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG