Tottenham jogará em Wembley na próxima época

O clube do norte de londres jogará no estádio de Wembley todos as partidas em casa da próxima temporada, em virtude da demolição do seu estádio para construção de uma nova infraestrutura

"Podemos confirmar que, depois de uma reunião da junta diretiva, ativámos a nossa opção de jogar no Estádio Nacional de Wembley. Na temporada de 2017/2018, jogaremos todas as nossas partidas no estádio de Wembley, enquanto decorrer a construção do nosso novo estádio", informou o clube na sua página na rede social Twitter.

Os 'spurs' já disputaram em Wembley, que habitualmente acolhe os jogos da seleção inglesa, as partidas da fase de grupos da Liga dos Campeões e da Liga Europa.

"Wembley será a nossa nova casa por uma temporada, regressando depois a um dos melhores estádios do mundo, que será chave para o nosso crescimento e êxito futuro", acrescentou o clube.

O novo estádio do Tottenham, situado junto à antiga infraestrutura de White Hart Lane, sede do clube há 118 anos, custará aos cofres do clube cerca de 750 milhões de libras (891 milhões de euros) e terá capacidade para 61 mil espectadores.

O clube disputará a 14 de maio com o Manchester United a última partida no estádio de White Hart Lane, que será depois demolido.

O Tottenham está em segundo lugar na 'Premier League', a quatro pontos do líder, o Chelsea.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.