Timor-Leste punido com sete derrotas no apuramento para Mundial2018

O Comité Disciplinar da FIFA sancionou hoje a seleção de futebol de Timor-Leste com sete derrotas na qualificação para o Mundial2018, devido a jogadores inelegíveis, bem como uma multa de 70 mil francos suíços (cerca de 60 mil euros).

A sanção foi aplicada pela utilização "de um total de nove jogadores inelegíveis devido à sua nacionalidade", explicou o comité em comunicado, que realça que a decisão está relacionada com uma sanção anterior da AFC, organismo que tutela o futebol asiático.

A equipa timorense foi eliminada na segunda ronda de qualificação, tendo terminado em último o grupo A, com dois empates e seis derrotas em oito jogos, dois golos marcados e 36 sofridos.

Entre outras medidas tomadas pelo Comité Disciplinar da FIFA, a Nigéria foi punida com uma derrota por 3-0 frente à Algéria, quando já estava qualificada para o Mundial da Rússia2018, num jogo disputado em 10 de novembro de 2017.

Em causa está a utilização irregular de Abdullahi Shehu, que estava suspenso.

O colombiano Edwin Cardona foi suspenso por cinco jogos, depois de ter feito um "gesto discriminatório para um adversário" no particular entre a Coreia do Sul e a Colômbia, em 10 de novembro (2-1).

Exclusivos

Premium

Betinho

Betinho: "NBA? Havia campos que tinham baldes para os jogadores vomitarem"

Nasceu em Cabo Verde (a 2 de maio de 1985), país que deixou aos 16 anos para jogar basquetebol no Barreirense. O talento levou-o até bem perto da NBA, mas foi em Espanha, Andorra e Itália que fez carreira antes de regressar ao Benfica para "festejar no fim". Internacional português desde os Sub-20, disse adeus à seleção há apenas uns meses, para se concentrar na carreira. Tem 34 anos e quer jogar mais três ou quatro ao mais alto nível.