Portugal vence Suíça e aproxima-se dos primeiros lugares

A seleção portuguesa de futebol de sub-21 venceu hoje a Suíça por 2-1, em jogo disputado em Paços de Ferreira, e aproximou-se dos primeiros lugares do grupo 8 de apuramento para o Europeu da categoria.

Um golo de Diogo Gonçalves, aos 10 minutos, e outro de Diogo Jota, aos 29, colocaram a seleção lusa a vencer por 2-0, tendo os helvéticos ainda reduzido para 2-1 na primeira parte, com um tento de Ulisses Garcia, aos 39, mas o resultado não voltaria a ser alterado.

Com esta vitória, a seleção portuguesa soma sete pontos em quatro jogos, os mesmos pontos que a Suíça, que tem mais dois jogos, num grupo liderado pela Roménia, com 11 pontos em cinco jogos, seleção que joga ainda hoje em casa do País de Gales. A Bósnia Herzegovina é segunda, com nove pontos em cinco jogos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

A "taxa Robles" e a desqualificação do debate político

A proposta de criação de uma taxa sobre especulação imobiliária, anunciada pelo Bloco de Esquerda (BE) a 9 de setembro, animou os jornais, televisões e redes sociais durante vários dias. Agora que as atenções já se viraram para outras polémicas, vale a pena revistar o debate público sobre a "taxa Robles" e constatar o que ela nos diz sobre a desqualificação da disputa partidária em Portugal nos dias que correm.

Premium

Rosália Amorim

Crédito: teremos aprendido a lição?

Crédito para a habitação, crédito para o carro, crédito para as obras, crédito para as férias, crédito para tudo... Foi assim a vida de muitos portugueses antes da crise, a contrair crédito sobre crédito. Particulares e também os bancos (que facilitaram demais) ficaram com culpas no cartório. A pergunta que vale a pena fazer hoje é se, depois da crise e da intervenção da troika, a realidade terá mudado assim tanto? Parece que não. Hoje não é só o Estado que está sobre-endividado, mas são também os privados, quer as empresas quer os particulares.