Sporting vence Viktoria Plzen com 'bis' de Montero

Equipa leonina venceu a vice-campeã da República Checa, por 2-0, e ficou com um pé nos quartos-de-final da Liga Europa.

Graças a Fredy "el avioncito" Montero, o Sporting vai viajar com alguma tranquilidade para a segunda mão dos oitavos-de-final da Liga Europa: o avançado colombiano bisou, esta quinta-feira, no triunfo caseiro da equipa leonina sobre o Viktoria Plzen (2-0).

Montero desbloqueou a partida, diante do vice-campeão da República Checa: marcou à beira do intervalo e no início da segunda parte, dando seguimento ao domínio territorial do Sporting, sempre com mais posse de bola e ocasiões de perigo (apesar de raramente acelerar ou criar grandes desequilíbrios).

Apesar das ausências de Piccini, André Pinto, Podence, Bas Dost, Doumbia e Rafael Leão (todos lesionados), o emblema verde e branco mostrou-se claramente superior na partida da primeira mão e pôs um pé nos quartos-de-final na Liga Europa. A confirmação (ou não) será na próxima quinta-feira, em Plzen. No entanto, Coates e William Carvalho vão falhar o jogo da segunda mão, por acumulação de cartões amarelos.

Equipas:

Sporting: Rui Patrício; Ristovski, Coates, Mathieu, Fábio Coentrão (Ruben Ribeiro, 86'); William, Bruno Fernandes, Bryan Ruiz (Bruno César, 79'), Acuña (Battaglia, 57'); Gelson Martins; Montero

Plzen: Hruska; Reznik, Hejda, Hubnik, Limbersky; Horava, Hrosovsky; Petrzela (Chory, 62'), Kolar (Kovaric, 75'), Zeman (Cermak, 82'); Krmencik

Golos: 1-0 Montero (45+1'), 2-0 Montero (49')

Filme do jogo:

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".