Sporting desistiu do recurso de Gelson Martins

O Sporting desistiu do recurso da decisão de suspensão de um jogo aplicada a Gelson Martins, que o afastou do 'clássico' com o FC Porto, revelou hoje o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Os 'leões' pediram a despenalização de Gelson, depois de o extremo ter visto um segundo cartão amarelo por ter tirado a camisola após marcar o golo da vitória no jogo com o Moreirense (1-0), para mostrar uma mensagem de apoio ao ex-colega Ruben Semedo, que tinha sido detido em Espanha.

Não tendo havido decisão antes da 25.ª jornada da I Liga, Gelson cumpriu suspensão no Estádio do Dragão, onde o Sporting foi derrotado pelo FC Porto por 2-1, e os 'leões' optaram por retirar o recurso.

No mapa de castigos, consta também uma multa de 5.738 euros aplicada ao FC Porto, pelo atraso do treinador Sérgio Conceição na chegada à 'flash interview' após o jogo com o Sporting. Já o comportamento incorreto do público na visita ao Portimonense, na 24.ª jornada, valeu aos 'dragões' 13.575 euros de multas.

Jogadores suspensos:

- I Liga (1 jogo)

João Aurélio (Vitória de Guimarães)

Nuno Tomás (Belenenses)

Tiago Silva (Feirense)

Raúl Silva (Sporting de Braga)

Hélder Tavares (Tondela)

Stephen Eustáquio (Desportivo de Chaves)

Sagna (Moreirense)

José Semedo (Vitória de Setúbal)

Nuno Pinto (Vitória de Setúbal)

Bruno Teles (Rio Ave)

Felipe Macedo (Portimonense)

Pizzi (Benfica)

Pablo Santos (Marítimo)

João Gamboa (Marítimo)

Hector Herrera (FC Porto)

Marcos Acuña (Sporting)

Bruno Fernandes (Sporting)

Ler mais

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".