Ronaldo volta a ser finalista nos Laureus como desportista do ano

Cristiano Ronaldo consta na lista de finalistas dos Laureus e concorre, pelo segundo ano consecutivo, para ganhar o prémio individual na categoria de desportista do ano. Veja o vídeo com os nomeados

O português Cristiano Ronaldo vai tentar, pelo segundo ano consecutivo, tornar-se o primeiro jogador de uma modalidade coletiva a ganhar o prémio individual nos Laureus, os óscares do desporto, na categoria de desportista do ano.

youtube:6vvIzYlWYcw

Depois de no ano passado o jogador do Real Madrid ter perdido o galardão para o piloto Sebastian Vettel, Cristiano Ronaldo ficou hoje a saber que terá como adversários o número um do ténis, o sérvio Novak Djokovic, os britânicos Lewis Hamilton, bicampeão mundial Fórmula 1 em 2008 e 2014, e Rory McIlroy, líder da classificação mundial de golfe.

Da lista hoje divulgada dos finalistas dos Laureus para desportista do ano constam ainda os nomes o campeão espanhol de MotoGP, Marc Márquez, e o campeão olímpico do salto à vara, o francês Renaud Lavillenie, que bateu o record mundial detido há 21 anos pelo ucraniano Sergey Bubbka.

O galardão vai ser entregue a 15 de abril, em Shangai. Ronaldo, vencedor da Bola de Ouro em 2008, 2013 e 2014, repete assim a nomeação nos Laureus de 2009 e 2013.

A nomeação de Cristiano Ronaldo surge na sequência da vitória da terceira Bola de Ouro da carreira, e depois de ter vencido quatros títulos coletivos pelo Real Madrid (Taça do Rei, Liga dos Campeões, Supertaça Europeia e Campeonato Mundial de Clubes).

Na categoria de desportista feminino do ano estão nomeadas a tenista norte-americana Serena Williams, que espera conquistar o seu quarto Laureus, a também tenista chinesa Na Li, finalista do Estoril Open em 2006 e que em 2014 conquistou o seu segundo Grand Slam.

Entre as duas tenistas estão ainda a campeã olímpica em Sochi em esqui nórdico, a norueguesa Marit Bjorgen, e a eslovena Tina Maze, igualmente campeã olímpica em esqui alpino, além da atletas etíope Genzebe Dibaba e da neozelandesa Valerie Adams.

Caso não vença na categoria individual, Cristiano Ronaldo tem ainda possibilidade de vencer no prémio para a equipa do ano, uma vez que o Real Madrid é um dos nomeados ao prémio juntamente com a equipa europeia de Ryder Cup (golfe), a seleção alemã de futebol, que foi a primeira seleção europeia a vencer o Mundial do Brasil 2014.

Surgem ainda como candidatos ao prémio de melhor equipa a Mercedes AMG Petrona em Formula 1, que venceu o mundial de construtores, a equipa de basquetebol norte-americana San Antonio Spurs, que venceu pela quinta vez a NBA, e a equipa da suíça na Taça Davis em tenis.

Ler mais

Exclusivos