Ricardinho sozinho no melhor cinco do Europeu

Os campeões da Europa André Coelho, Pedro Cary e Bruno Coelho ficaram entre os 14 finalistas, mas fora do cinco ideal

Portugal teve apenas um atleta eleito para o melhor cinco do Campeonato da Europa de Futsal, que terminou no sábado com a vitória nacional sobre a Espanha. Ricardinho já tinha sido nomeado jogador do torneio e foi sem surpresa que entrou na equipa do Euro 2018.

O capitão da seleção nacional é o único jogador português a integrar o cinco ideal, no qual figuram o guarda-redes russo Georgi Zamtaradze, o espanhol Pola e os cazaques Taynan e Douglas Júnior, que se ficaram pelas meias-finais aos pés de Portugal.

Já a seleção ideal composta por 14 elementos premiou outros três portugueses além do melhor do mundo: André Coelho, Pedro Cary e Bruno Coelho. O herói português da final, ao marcar dois golos na vitória sobre a Espanha ( 3-2), ficou assim fora do melhor cinco, ele que acabou a prova como segundo melhor marcador (6 golos), com menos um golo do que o "mágico" de Valbom.

Higuita (guarda-redes do Cazaquistão), Ivan Chishkala (Rússia), Mladen Kocic (Sérvia), Igor Osredkar (Eslovénia), Miguelín (Espanha) e Petro Shoturma (Ucrânia) completam o grupo ideal.

Já André Sousa, o guarda-redes português que brilhou na final frente a Espanha, não viu o nome entre os melhores da prova.

Lesão do Mágico

Ricardinho voltou ontem a Espanha, onde joga no Movistar, para fazer exames médicos e aferir a gravidade da lesão sofrida na final do Europeu, na qual Portugal derrotou a Espanha. "Ricardinho sofreu uma contusão óssea e uma entorse bilateral do tornozelo direito com mais incidência da parte externa com integridade tendinosa e ligamentos", informou o clube espanhol, revelando ainda que "o jogador começa o processo de reabilitação" de imediato "com o objetivo de estar o quanto antes às ordens de Jesús Velasco".

O tempo de paragem será "ditado pela evolução" e pela recuperação do português, que na terça-feira, durante uma homenagem na Câmara Municipal de Gondomar, apontou para uma paragem de "duas a três semanas", mas que, felizmente, não tem "nada partido".

O futsalista falhará assim os próximos quatro encontros da equipa de Madrid, incluindo a meia-final da Taça do Rei, no Palau Blaugrana, frente ao Barcelona. Mas estará apto para defender o título europeu na final four, em abril, uma competição em que também estão Barcelona (ambos de Espanha), Gyor (Hungria) e Sporting.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.