Recursos de Samaris e Zainadine sem efeito suspensivo

Jogadores vão mesmo falhar o Marítimo-Benfica de domingo

Os recursos apresentados contra os castigos aplicados a Samaris, do Benfica, e a Zainadine, do Marítimo, não têm efeitos suspensivos, decidiu hoje o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Fonte da FPF disse à agência Lusa que ambos os recursos entraram a tempo nos serviços do organismo, mas que o CD decidiu que não tinham efeitos suspensivos, pelo que ambos os jogadores vão falhar no domingo o encontro entre o Marítimo e o Benfica. Os recursos serão apreciados posteriormente.

O grego Samaris foi suspenso, com recurso a imagens televisivas, por três encontros, por agressão a Paulinho, do Sporting de Braga, em encontro da Taça da Liga.

Já o moçambicano Zainadine foi punido com um castigo de dois encontros, depois de ter sido expulso frente ao Vitória de Guimarães, após uma troca de palavras com Jubal.

Ler mais

Exclusivos