Real Madrid sofre diante do Bayern mas garante a final

Os merengues empataram 2-2 no Estádio Santiago Bernabéu e vão a Kiev tentar o terceiro título europeu consecutivo

O Real Madrid apurou-se esta terça-feira para a 16ª final da Liga dos Campeões da sua história, ao empatar 2-2 com o Bayern Munique, no Estádio Santiago Bernabéu. Valeu à equipa espanhola o triunfo obtido na Alemanha, por 2-1, para segurar a ida à final de Kiev, onde irá tentar o terceiro título europeu consecutivo e o 13º do currículo.

Os alemães começaram melhor a partida e logo aos três minutos adiantaram-se no marcador por Kimmich. No entanto, Karim Benzema (11' e 46') deu a volta ao marcador e deixou Cristiano Ronaldo e companhia mais seguro na eliminatória.

Só que James Rodríguez voltou a empatar a eliminatória (63 minutos) e relançou o Bayern na luta pelo apuramento, pois bastava aos bávaros mais um golo. E a partir dessa altura destacou-se o guarda-redes Keylor Navas que, com algumas defesas difíceis, manteve o empate e garantiu o apuramento dos merengues.

Esta quarta-feira será conhecido o outro finalista da Champions, com a Roma a estar obrigada a dar a volta a uma desvantagem de 2-5 que o Liverpool alcançou em casa na semana passada.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A Europa, da gasolina lusa ao palhaço ucraniano

Estamos assim, perdidos algures entre as urnas eleitorais e o comando da televisão. As urnas estão mortas e o nosso comando não é nenhum. Mas, ao menos, em advogado de Maserati que conduz sindicalistas podíamos não ver matéria de gente rija como cornos. Matéria perigosa, sim. Em Portugal como mais a leste. Segue o relato longínquo para vermos perto.Ontem, defrontaram-se os dois candidatos a presidir a Ucrânia. Não é assunto irrelevante apesar de vivermos no outro extremo da Europa. Afinal, num canto ainda mais a leste daquele país há uma guerra civil meio instigada pelos russos - e hoje sabemos, como não sabíamos ainda há pouco, que as guerras de anteontem podem voltar.