"Quando Cristiano ganhou Bolas de Ouro mereceu-as"

Messi ganhou por cinco vezes a Bola de Ouro

O futebolista argentino Lionel Messi abordou a sua relação com Cristiano Ronaldo numa extensa entrevista a uma televisão egípcia. "Quando Cristiano ganhou Bolas de Ouro mereceu-as. Votam selecionadores, jogadores, jornalistas e FIFA e há um vencedor. Mereceu sempre que ganhou", disse Messi.

O jogador do Barcelona explicou que ele e Ronaldo não são próximos, mas que não há nenhuma razão especial para isso. "Não nos conhecemos pessoalmente, só nos conhecemos dos jogos. Não nos vemos fora dos campos para ter uma relação, mas não é por nada de especial. Simplesmente ele está noutra equipa e só nos vemos quando jogamos, nada mais", explicou Messi.

Messi ganhou por cinco vezes a Bola de Ouro, um prémio entregue ao melhor futebolista do ano, a última já este ano. O português foi considerado o melhor futebolista do mundo por três vezes.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.