Presidente da FIFA manda abraço para Portugal

Gianni Infantino lamentou as vítimas do incêndio. "Hoje é um dia muito triste", disse, classificando a situação como "absolutamente terrível"

Gianni Infantino, presidente da FIFA, fez questão de deixar este domingo uma palavra de conforto ao incêndio que tem vitimado dezenas de pessoas em Pedrógão Grande. Foi numa visita ao centro de imprensa da Arena Kazan.

"Hoje é um dia muito triste. Estamos todos com Portugal. Um grande abraço, de coração, a todo o país que está a passar um momento absolutamente terrível. Não há palavras", disse Infantino, duas horas antes da estreia de Portugal na Taça das Confederações diante do México.

Sobre a competição, o líder máximo da FIFA destacou "a alegria de todos na Rússia" no arranque, mostrando-se esperançado num torneio "bonito".

Sobre a possibilidade de esta ser a última edição da Taça das Confederações, Gianni Infantino não quis desfazer o tabu: "Hoje concentramo-nos nesta Taça das Confederações. Vamos ter um grande futebol e depois veremos."

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Desporto
Pub
Pub