Portimonense bate Vitória de Guimarães e regressa aos triunfos

O Portimonense regressou hoje aos triunfos na I Liga portuguesa de futebol, ao derrotar em casa o Vitória de Guimarães, por 2-1, em jogo da 26.ª jornada, disputado em Portimão.

Após duas derrotas seguidas no campeonato, a equipa algarvia impôs-se com golos de Wellington Carvalho (17 minutos) e Pires (59), enquanto Raphinha ainda repôs a igualdade, na transformação de uma grande penalidade (22), antes de o Vitória de Guimarães ficar reduzido a 10 unidades, por expulsão do guarda-redes Douglas (29).

Com este triunfo, o Portimonense sobe provisoriamente ao nono lugar, com 30 pontos, em igualdade com os vimaranenses, que acumulam cinco jornadas sem ganhar e caem para o décimo posto, arriscando-se a perder a posição para Tondela ou Belenenses, que se defrontam hoje.

Ler mais

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".