Polémica com imagem de Maradona no PES 2017

Argentino ameaçou Komani, produtora japonesa do jogo, com um processo judicial.

Diego Maradona no Pro Evolution Soccer (PES)? Sim, o jogo que é um simulador de futebol, tem usar uma imagem do ex-jogador argentino na versão 2017, mas ele não achou piada e ameaçou levar a tribunal a Konami, produtora japonesa do jogo, por ter usado a sua imagem sem permissão.

"Ouvi que a empresa japonesa Konami usa a minha imagem no seu jogo PES 2017. Infelizmente, o meu advogado Matias Morla vai iniciar os devidos procedimentos legais", escreveu no seu Facebook o antigo internacional argentino.

O advogado diz que Maradona não vai avançar para o processo legal pelo dinheiro, aliás, no caso de vencer, o astro argentino pretende doar todo o capital para um hospital pediátrico da capital da Argentina, Buenos Aires.

Em um comunicado, a Konami disparou: "Foi publicado que, em Winning Eleven 2017 (o nome internacional do game é Pro Evolution Soccer - PES 2017), existe um jogador que está sendo usado sem permissão, no entanto, a nossa empresa está a utilizar (a imagem desse atleta) com base na licença estabelecida no contrato".

Mas quem autorizou afinal o uso da imagem de Maradona? Segundo o comunicado da empresa japonesa, o Barcelona - clube que o argentino representou na década de 80. Mas o jogador lembrou nas redes sociais que a imagem usada em destaque é dele na seleção argentina...

Recorde-se que Maradona surge como uma das lendas no Modo myClub no PES 2017. E ao que parece, nos últimos anos ele já surgia no jogo da Konami com nomes inventados...

Ler mais

Exclusivos

Premium

robótica

Quando os robôs ajudam a aprender Estudo do Meio e Matemática

Os robôs chegaram aos jardins-de-infância e salas de aula de todo o país. Seja no âmbito do projeto de robótica do Ministério da Educação, da iniciativa das autarquias ou de outros programas, já há dezenas de milhares de crianças a aprender os fundamentos básicos da programação e do pensamento computacional em Portugal.

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...