Paulo Futre chamado à Polícia Judiciária

O antigo futebolista de Sporting, FC Porto e Benfica explicou às autoridades como se processa o Jogo da Mala, ou seja, incentivos de terceiros para uma equipa ganhar

Paulo Futre, antigo internacional português, esteve esta segunda-feira na sede da Polícia Judiciária para explicar em pormenor como se processa o denominado Jogo da Mala.

O agora comentador tem insistido bastante nessa situação no seu programa de comentário às quartas-feiras na CMTV. Esta alegação de Paulo Futre já vem da época transata como se pode comprovar (ler aqui) pela entrevista concedida ao DN por José Couceiro, na qual negava qualquer tipo de incentivo ao Vitória de Setúbal por ter empatado no Dragão e na Luz.

O Jogo da Mala consiste na oferta de terceiros a uma equipa para ganhar um determinado jogo. Ou seja, não altera o espírito do jogo, pelo contrário reforça-o, mas em Portugal é ilegal ao contrário do que acontece, por exemplo, em Espanha.

Exclusivos