Paolo Guerrero iguala Cubillas como melhor marcador do Peru

O ponta-de-lança igualou os 26 golos da antiga glória do FC Porto, ao marcar na derrota frente ao Chile, por 4-3

O avançado Paolo Guerrero igualou na terça-feira o recorde de golos da seleção peruana do histórico Teófilo Cubillas, ex-jogador do FC Porto, ao marcar no jogo com o Chile, que o Peru perdeu por 4-3.

Ao marcar o terceiro e último golo dos peruanos no encontro disputado em Lima, aos 90+1 minutos, Guerrero atingiu os 26 remates certeiros pela seleção do seu país, igualando a marca estabelecida por Cubillas, que representou o FC Porto entre as épocas 1973/1974 e 1976/1977.

O Chile venceu por 4-3 o jogo da zona sul-americana de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2018, graças aos avançados Alexis Sanchez e Eduardo Vargas, autores de um 'bis' cada, tendo Jefferson Farfan marcado os outros dois golos da seleção peruana.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.