Nikola Karabatic eleito melhor do mundo em 2016

O jogador francês de andebol foi eleito o melhor jogador do mundo em 2016 pelo IHF. Em femininos venceu a romena Cristina Neagu

O jogador francês Nikola Karabatic, vice-campeão olímpico nos jogos do Rio2016 e atleta do Paris Saint-Germain, foi esta quinta-feira eleito o melhor andebolista do mundo em 2016 pela Federação Internacional de Andebol (IHF).

O atleta de 32 anos conquistou no verão passado a terceira medalha olímpica, depois do ouro conquistado com a França em Pequim2008 e Londres2012.

Campeão mundial de seleções em quatro ocasiões, o francês conquista o maior prémio individual do andebol pela terceira vez, depois de já o ter vencido em 2007 e 2014.

No andebol feminino, a distinção recaiu sobre a romena Cristina Neagu. Aos 28 anos, conquista o galardão também pela terceira vez, depois de 2010 e 2015.

Neagu transferiu-se esta temporada para o CSM Bucareste, depois de ter jogado entre 2013 e 2016 no Buducnost Podgorica, em Montenegro, onde conquistou a Liga dos Campeões europeus em 2015.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

O Banco de Portugal está preso a uma história que tem de reconhecer para mudar

Tem custado ao Banco de Portugal adaptar-se ao quadro institucional decorrente da criação do euro. A melhor prova disso é a fraca capacidade de intervir no ordenamento do sistema bancário nacional. As necessárias decisões acontecem quase sempre tarde, de forma pouco consistente e com escasso escrutínio público. Como se pode alterar esta situação, dentro dos limites impostos pelas regras da zona euro, em que os bancos centrais nacionais respondem sobretudo ao BCE? A resposta é difícil, mas ajuda compreender e reconhecer melhor o problema.