Nairo Quintana é o novo líder da Volta a Espanha

Oitava etapa foi vencida pelo russo Sergey Lagutin, da Katusha

O russo Sergey Lagutin (Katusha) venceu este sábado a oitava etapa da Volta a Espanha em bicicleta, com chegada ao alto de La Camperona e que consagrou o colombiano Nairo Quintana (Movistar) como novo líder da geral.

Lagutin foi o mais forte do grupo que protagonizou a fuga do dia, deixando o perseguidor direto, o francês Axel Domont (Ag2r), a 10 segundos, depois de cumprir a tirada de 181,5 quilómetros iniciada em Villalpando em 4:09.30 horas.

Entre os favoritos, destacou-se Nairo Quintana, que ganhou 25 segundos ao ressuscitado espanhol Alberto Contador (Tinkoff), que não deu mostras de fragilidades físicas, depois de se ter envolvido numa queda coletiva na parte final da etapa de sexta-feira, e 33' ao britânico Chris Froome.

Na geral, Quintana destronou o seu compatriota Darwin Atapuma (MMC), e tem agora uma vantagem de 19 segundos sobre o espanhol Alejandro Valverde, seu colega de equipa, enquanto Froome é terceiro, a 27.

No domingo, disputa-se a nona etapa, que ligará Cistierna ao alto do Naranco, na distância de 164,5 quilómetros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.