Carvajal inicia recuperação já integrado na seleção espanhola

Jogador sofreu uma lesão na final da Liga dos Campeões, disputada no último sábado

O futebolista Dani Carvajal, que se lesionou no sábado na final da Liga dos Campeões, vai juntar-se esta segunda-feira à seleção de Espanha para iniciar a recuperação para o Mundial 2018, anunciou a Federação espanhola.

O lateral tem uma lesão menos grave do que aquilo que se admitia, com uma pequena rotura isquiotibial, e deverá estar parado 15 dias, não devendo estar em risco a sua presença no Mundial 2018, que tem início em 14 de junho.

Carvajal saiu lesionado aos 37 minutos na final da Liga dos Campeões, disputada no sábado em Kiev, e em que o Real Madrid venceu o Liverpool por 3-1, deixando o campo pelo próprio pé e em lágrimas.

Após a vitória na 'Champions', o futebolista não participou nas comemorações da chegada da comitiva do Real Madrid à cidade, tendo festejado apenas no Santiago Bernabéu, o estádio do clube.

O lateral já tinha falhado o Europeu de 2016, em que Portugal se sagrou campeão frente à anfitriã França (1-0), depois de também ter sofrido uma lesão na final da 'liga milionária' desse ano.

A Espanha começa a trabalhar hoje à tarde, com um treino aberto ao público, e disputa no sábado o seu primeiro particular no estágio que antecede o campeonato do Mundo, frente à Suíça, em Villarreal.

Em 09 de junho, já na Rússia, em Krasnodar, a seleção espanhola defrontará, também num particular, a Tunísia.

A seleção espanhola integra o grupo B do Mundial 2018, com Portugal, que defronta a 15 de junho em Sochi, Irão e Marrocos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.