Liga espanhola vai utilizar VAR na época 2017/18

O Liga espanhola vai adotar o sistema de videoárbitro (VAR) a partir da época 2018/19, juntando-se a Portugal, Alemanha e Itália entre os principais campeonatos europeus

O anúncio foi feito pelo presidente do comité técnico de árbitros (CTA), Sánchez Arminio, sendo que em Espanha ainda falta definir os casos em que será usada a ajuda do VAR.

O sistema VAR é composto por dois árbitros assistentes diante de ecrãs de televisão, com acesso às imagens em direto e a repetições de vários ângulos dos lances, de forma a puderem corrigir eventuais erros do árbitro principal.

Habitualmente, o VAR é usado para validar ou não um golo, para atribuir um cartão vermelho, analisar uma situação de penálti ou erro de identidade de jogador sancionado.

O dirigente também confirmou que proximamente vão começar os testes prévios exigidos pela FIFA.

A esse propósito, o presidente da federação, Juan Luis Larrea, já tinha anunciado em outubro a realização de 70 experiências oficiosas -- "testes em 'off', sem o conhecimento dos jornalistas" - a decorrer na presente época.

Os árbitros expressaram, através de carta, o seu "apoio incondicional" às decisões de Sánchez Arminio à frente da CTA.

Das cinco maiores ligas da Europa, juntamente com Inglaterra, Alemanha, Itália e França, a Espanha é a única que nem sequer tem a tecnologia de linha de baliza, oficialmente devido aos custos financeiros que a mesma implica.