Jorge Jesus pede aos adeptos para darem força

Treinador do Sporting e o homólogo avense José Mota anteviram este sábado, juntos, a final da Taça de Portugal, que se realiza este domingo às 17.00

Os treinadores de Sporting e Desp. Aves, Jorge Jesus e José Mota, confraternizaram este sábado, na véspera da final da Taça de Portugal (17.15), que vai ser jogada pelos dois clubes, e juntos pediram para que os adeptos desfrutem da festa e apoiem as respetivas equipas.

"A força do Sporting é a massa associativa, gostava que o Jamor estivesse praticamente todo pintado de verde, pensando os adeptos que amanhã vêm ver o clube deles, que se foquem na sua paixão, não olhem para as rivalidades. Os rivais são o nosso adversário ", começou por dizer o técnico leonino, apontando para José Mota, num vídeo partilhado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "Que possam desfrutar e continuem com as suas formas de comunicação com a equipa, a que estamos habituados, para que os jogadores do Sporting se sintam mais seguros e mais fortes para fazer um bom jogo", acrescentou.

Já o treinador dos avenses desejou que os adeptos "aproveitem ao máximo esta festa" e pediu-lhes "gargantas afinadas". "Que façam uma excelente viagem, que saibam usufruir deste espaço e contribuir", vincou, frisando que o dia da final da Taça de Portugal "é um dia de grande alegria para todos os adeptos do futebol".

Ler mais

Exclusivos

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.

Premium

Rui Pedro Tendinha

O João. Outra vez, o João Salaviza...

Foi neste fim de semana. Um fim de semana em que o cinema português foi notícia e ninguém reparou. Entre ex-presidentes de futebol a serem presos e desmentidos de fake news, parece que a vitória de Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, de Renée Nader Messora e João Salaviza, no Festival do Rio, e o anúncio da nomeação de Diamantino, de Daniel Schmidt e Gabriel Abrantes, nos European Film Awards, não deixou o espaço mediático curioso.