Jogador do Canelas constituído arguido por agressão a árbitro

Marco Gonçalves, ouvido esta manhã no tribunal de Gondomar, ficou com termo de identidade e residência

Marco Gonçalves, o jogador do Canelas 2010 que ontem agrediu o árbitro do jogo entre aquele clube da AF Porto e o Rio Tinto, foi constituído arguido e fica com termo de identidade e residência, a medida de coação mais leve.

O avançado foi esta manhã presente a um juiz do Tribunal de Instrução Criminal de Gondomar e a medida de coação foi anunciada pelo seu advogado, Nelson Sousa.

O jogo terminou aos três minutos (!) e o juiz teve de ser assistido no hospital, tendo recebido alta pouco depois apesar do nariz partido que o obrigará a uma cirurgia. O clube já anunciou ter afastado o jogador, que defendeu não se lembrar de ter agredido o juiz. E a Federação Portuguesa de Futebol repudiou o incidente e prometeu fazer deste caso "um exemplo".

Quanto à APAF avisou que são já 43 os casos de agressões a árbitros este ano e que é preciso agir, porque senão "um dia morre um árbitro".

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Desporto
Pub
Pub