Hamilton vence GP do Azerbaijão e é o novo líder do Mundial de Fórmula 1

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes), campeão em título, venceu hoje o Grande Prémio do Azerbaijão, quarta prova do Mundial de Fórmula 1 de 2018, conquistando em Baku a 63.ª vitória da carreira e a liderança do campeonato.

Numa corrida muito acidentada, com várias entradas do 'safety car', Hamilton ficou à frente do finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), segundo classificado, e do mexicano Sergio Pérez (Force India), que fechou o pódio.

Após quatro corridas, Hamilton ascendeu ao comando do campeonato, com 70 pontos, contra 66 do alemão Sebastian Vettel (Ferrai), que liderou grande parte da corrida e acabou em quarto, e 48 de Raikkonen.

Na quarta posição do campeonato, com 40 pontos, está o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), que abandonou, com um pneu furado, quando liderava, a duas voltas do fim.

Ler mais

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.