Ex-selecionador Alfio Basile internado após sofrer AVC

O antigo selecionador argentino que orientou dois dos melhores jogadores a nível mundial, Maradona (1991-1994) e Lionel Messi (2006-2008), foi internado depois de sofrer um AVC

O antigo selecionador de futebol da argentina Alfio Basile foi internado esta segunda-feira depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC), informou o Boca Juniors, um dos clubes do ex-treinador.

"Desde Boca Juniors enviamos todo o nosso apoio a Coco Basile neste momento difícil", escreveu o presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, na sua conta oficial no Twitter.

Segundo a agência de notícias argentina Télam, Basile, de 73 anos, foi transportado para o Sanatório Los Arcos, no bairro de Palermo, em Buenos Aires.

Como treinador, para além da seleção e do Boca Juniors, Basile passou também pelo Racing Club, América do México e Atlético Madrid.

Basile orientou a equipa alviceleste em dois períodos: o primeiro entre 1991 e 1994 e o segundo entre 2006 e 2008.

Antes, como jogador, vestiu as camisolas do Racing Club, de 1964 a 1970, e do Huracán, entre 1971 e 1975.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

Discretamente, sem ninguém ver

Enquanto nos Estados Unidos se discute se o candidato a juiz do Supremo Tribunal de Justiça americano tentou, ou não, há 36 anos abusar, ou mesmo violar, uma colega (quando tinham 17 e 15 anos), para além de tudo o que Kavanauhg pensa, pensou, já disse ou escreveu sobre o que quer que seja, em Portugal ninguém desconfia quem seja, o que pensa ou o que pretende fazer a senhora nomeada procuradora-geral da República, na noite de quinta-feira passada. Enquanto lá se esmiúça, por cá elogia-se (quem elogia) que o primeiro-ministro e o Presidente da República tenham muito discretamente combinado entre si e apanhado toda a gente de surpresa. Aliás, o apanhar toda a gente de surpresa deu, até, direito a que se recordasse como havia aqui genialidade tática. E os jornais que garantiram ter boas fontes a informar que ia ser outra coisa pedem desculpa mas não dizem se enganaram ou foram enganados. A diferença entre lá e cá é monumental.