Deschamps é barrado e ameaça segurança

Incidente aconteceu no Estádio Lujniki em Moscovo.

Um dia antes do encontro com a Dinamarca que acabou com um empate a zero, houve um incidente que marcou o treino de adaptação ao relvado da seleção francesa.

O selecionador, Didier Deschamps, esqueceu-se da sua credencial e foi impedido por um segurança de entrar no relvado para orientar a sessão.

Após se ter esclarecido o incidente, Didier Deschamps soltou algumas palavras de ameaça num tom irónico: "Ele está a falar a sério? Eu vou-lhe bater e vai sair daqui de cadeira de rodas".

O episódio ficou registado em vídeo pela TMC.

No dia seguinte, a França empatou com a Dinamarca, garantiu o primeiro lugar do Grupo C e vai agora defrontar a Argentina nos oitavos de final do Mundial 2018.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.