Conselho de Disciplina da FPF abre processo sobre incidentes

Queda da proteção de uma bancada e utilização de engenhos pirotécnicos após o golo do Benfica vão ter investigação

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) abriu hoje um processo de inquérito disciplinar por incidentes ocorridos no jogo da I Liga, anunciou aquele órgão.

O comunicado do CD não especifica o jogo em questão, mas surge três dias depois dos incidentes ocorridos no Feirense-Benfica, da 24.ª jornada, em que foram utilizados engenhos pirotécnicos e uma proteção de uma bancada foi derrubada.

As tochas lançadas para o relvado por adeptos do Benfica atrasaram o início do jogo em cerca de cinco minutos e a queda de uma proteção da bancada aquando dos festejos do golo da vitória do Benfica (1-0) provocou ferimentos num repórter fotográfico.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).