Celebrações islandesas terminam nove meses depois... com nascimentos

Foi a 27 de junto de 2016 que a Islândia venceu a Inglaterra, de forma surpreendente, no Euro 2016

Foi a 27 de junho de 2016, nos oitavos-de-final do Euro 2016, que Portugal viria a vencer, que a Islândia chocou a Europa ao vencer a Inglaterra, por 2-1, atirando a equipa de terras de Sua Majestade para fora da competição.

Num país com cerca de trezentos mil habitantes, 10% dos quais deslocaram-se a França para assistir ao torneio, começam agora a surgir pistas de como os islandeses celebraram a vitória frente aos ingleses.

É que, de acordo com o Daily Mail, um hospital em Reiquiavique divulgou ter dado um número recorde de epidurais no passado fim de semana. Ao que parece, o culminar das celebrações da vitória nesse histórico encontro surgem agora, ao fim de nove meses, com bebés.

O Hospital Landspitali, na capital islandesa, afirma ter dado um número recorde de medicamentos para as dores para mulheres prestes a dar à luz, entre sexta-feira e domingo à noite. Isto é, aconteceu um autêntico baby boom (explosão de nascimentos) durante o fim de semana.

No torneio, a Islândia ficou no grupo F, em que também estava Portugal. As duas equipas empataram a um golo. A equipa islandesa acabou por ser eliminada da competição pela anfitriã França, nos quartos-de-final, por 5-2.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Desporto
Pub
Pub