Carvalhal espera que Renato Sanches regresse em março

O treinador do Swansea City, o português Carlos Carvalhal, afirmou hoje que Renato Sanches poderá regressar já em março aos relvados e ajudar a formação galesa a lutar pela manutenção na liga inglesa de futebol.

"Está a recuperar de lesão. Inicialmente, o departamento médico apontou que a paragem seria longa, mas acredito que possa já voltar no próximo mês. É aquilo que eu sinto. Acho que vai regressar bem mais cedo do que se esperava", afirmou Carvalhal, referindo-se ao médio português de 20 anos.

Renato Sanches, que está emprestado ao Swansea City pelo Bayern Munique, saiu lesionado do embate com o Notts County, da Taça de Inglaterra, em 27 de janeiro, e nunca mais esteve disponível para Carlos Carvalhal.

O Swansea City joga sábado no campo do Sheffield Wednesday, da segunda divisão, antiga equipa de Carvalhal, em encontro dos oitavos de final da Taça de Inglaterra.

Ler mais

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.