Dortmund despede treinador e contrata Peter Stoeger

O treinador holandês Peter Bosz deixou o comando técnico do Borussia Dortmund, que contratou o austríaco Peter Stoeger

No sábado, o Dortmund perdeu na receção ao Werder Bremen, por 2-1, naquele que foi o 12.º jogo sem vencer entre campeonato e Liga dos Campeões [sete derrotas e cinco empates].

O clube do internacional português Raphaël Guerreiro, que ocupa o sétimo lugar da Bundesliga e foi eliminado na fase de grupos da 'Champions'.

Bosz, de 54 anos, sucedeu no início da época a Thomas Tuchel, depois de ter levado o Ajax ao segundo lugar no campeonato holandês e à final da Liga Europa. Antes, tinha orientado Vitesse, Maccabi Telavive.

O sucessor do holandês vai ser Peter Stoeger, de 51 anos, que foi despedido no dia 03 de dezembro do Colónia, depois de não ter vencido nenhum dos primeiros 14 jogos da Bundesliga.

O antigo futebolista austríaco orientava o Colónia desde 2013, tendo ainda treinado Áustria Viena, First Viena e Grazer.

Ler mais

Exclusivos