Atleta russa com camisola a dizer "eu não me dopo" acusa positivo em teste de doping

Nadezhda Sergeeva foi a segunda atleta a acusar positivo durante os Jogos Olímpicos de Inverno. Competiu na modalidade bobsleigh de dois e foi 12.ª classificada

A atleta russa Nadezhda Sergeeva, que antes dos Jogos Olímpicos de Inverno surgiu num vídeo no YouTube utilizando uma camisola onde se podia ler "I don't do doping" ["Eu não me dopo"], acusou positivo num teste de doping durante a competição.

Sergeeva, que competiu na modalidade de bobsleigh e foi 12.ª classificada, foi a segunda atleta a acusar substâncias proibidas, depois do compatriota Alexander Krushelnitsky ter acusado meldonium e consequentemente ter perdido a medalha de bronze conquistada nos pares mistos de curling.

Recorde-se que, devidos aos recorrentes escândalos de doping que têm assolado o desporto daquele país, a Rússia foi proibida de participar em PyeongChang 2018, ainda que todos os atletas russos apurados e sem qualquer a casos de uso de substâncias proíbidas tivessem sido autorizados a competir pela bandeira olímpica.

Ler mais

Exclusivos