Pedro Martins deixa Vitória de Guimarães

Decisão anunciada pelo presidente Júlio Mendes após a goleada sofrida este domingo frente ao Sp. Braga

Rui Frias
Pedro Martins demitido© Gonçalo Delgado/Global Imagens

A histórica derrota por 0-5 no dérbi minhoto frente ao rival Sp. Braga foi o fim de linha para Pedro Martins em Guimarães. O treinador sai do Vitória, anunciou o presidente Júlio Mendes após uma breve reunião com o técnico no final do jogo.

"O 'mister' Pedro Martins não é mais treinador deste clube", afirmou o dirigente, na sala de imprensa do Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, após o jogo da 23.ª jornada do campeonato.

Já na flash-interview após o encontro, Pedro Martins tinha dito que ia "assumir todas as responsabilidades".

Derrota pesada para o Vitória SC, que desde que se viu a perder, e depois de ter ficado reduzido a 10 unidades, nunca mais conseguiu reagir e acabou por ser goleado ante um SC Braga que esteve matador na finalização.

Antes do jogo houve momentos de grande tensão.

O anúncio da saída de Pedro Martins, que se encontrava no clube desde a última temporada, eleva para dez os despedimentos de treinadores na edição 2017/18 da Liga.

Foram dez as saídas, mas apenas sete os clubes a mudarem de treinador, sendo que Desportivo das Aves, Paços de Ferreira e Moreirense já trocaram por duas vezes de técnico.

O último tinha sido o Moreirense, que na terça-feira oficializou o regresso de Petit, após a saída de Sérgio Vieira. A equipa de Moreira de Cónegos já tinha também deixado de contar com Manuel Machado, à décima jornada.

Na presente edição do campeonato, também trocaram duas vezes de treinador o Paços de Ferreira, que começou a época com Vasco Seabra, prosseguiu com Petit e é agora orientado por João Henriques, e o Desportivo das Aves, agora orientado por José Mota, como coordenador técnico, depois de Ricardo Soares ter sido sucedido por Lito Vidigal.

Entre as 'chicotadas psicológicas' na I Liga, além das seis protagonizadas por estes clubes, contam-se ainda as saídas de técnicos de Boavista, Estoril Praia e Belenenses, com as entradas de Jorge Simão, Ivo Vieira e Silas, para os lugares de Miguel Leal, Pedro Emanuel e Domingos Paciência, respetivamente