Belga George Leekens é o novo selecionador

O treinador belga foi esta segunda-feira anunciado como novo treinador da seleção da Hungria, após o despedimento do alemão Bernd Storck, devido aos maus resultados na qualificação para o Mundial 2018

Lusa
© REUTERS/Bernadett Szabo

Em comunicado, a federação magiar anunciou a contratação do antigo técnico da Argélia, cargo que deixou em janeiro, sendo que Leekens também orientou a Bélgica em duas ocasiões, entre 1997 e 1999 e de 2010 a 2012, entre outros cargos numa carreira de treinador que começou em 1984.

"Leekens vai assumir a seleção nacional após os dois jogos particulares em novembro, pelos quais será responsável Zoltán Szélesi, segundo decisão anterior da federação", apontou o organismo que tutela o futebol húngaro.

Apesar de ter qualificado a formação húngara para o Euro2016, primeira fase final desde o Mundial1986 para aquele país, Storck foi despedido devido aos maus resultados na qualificação para o campeonato do mundo da Rússia, no qual terminou em terceiro no grupo B, atrás de Portugal, que venceu a poule, e Suíça.

Para Leekens, de 68 anos, será a sexta experiência ao comando de uma seleção nacional, depois de dois períodos com a Bélgica, dois com a Argélia e ainda na Tunísia.

Será o 24.º cargo na carreira do antigo internacional belga, que tem como maior título no palmarés um campeonato da Bélgica, conquistado em 1990 pelo Club Brugge.