Alemão Michael Skibbe é o novo selecionador da Grécia

A Grécia falhou o apuramento para o Euro 2016, pois só venceu um jogo, e este é o quarto treinador desde a saída de Fernando Santos

O treinador alemão Michael Skibbe é o novo selecionador da Grécia, anunciou a Federação grega de futebol, que falhou o apuramento para o Euro2016, ao ser última do seu grupo.

"Skibbe assinará um acordo de cooperação com a federação até à fase de qualificação para o Mundial2018", diz o comunicado, referindo que o mesmo será renovado automaticamente, em caso de apuramento.

O treinador alemão, de 50 anos, foi adjunto da seleção germânica entre 2000 e 2004 e esteve à frente de vários clubes.

Como técnico, passou também pelos turcos do Eskisehirspor, Galatasaray e Karabukspor, dos suíços do Grasshoppers e dos alemães do Hertha Berlim, Eintracht Frankfurt, Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund.

A Grécia teve três técnicos [Kostas Tsanas, Claudio Ranieri e Sergio Markarian] na sua campanha de qualificação para o Europeu, com uma prestação muito aquém da que levou a equipa ao título europeu de 2004, em Lisboa.

Exclusivos

Premium

Leonídio Paulo Ferreira

Nuclear: quem tem, quem deixou de ter e quem quer

Guerrilha comunista na Grécia, bloqueio soviético de Berlim Ocidental ou Guerra da Coreia são alguns dos acontecimentos possíveis para datar o início da Guerra Fria, que alguns até fazem remontar à partilha da Europa em esferas de influência por Churchill e Estaline ainda o nazismo não tinha sido derrotado. Mas talvez 29 de agosto de 1949, faz agora 70 anos, seja a melhor opção, afinal nesse dia a União Soviética fez explodir a sua primeira bomba atómica e o monopólio da arma pelos Estados Unidos desapareceu. Sim, foi o teste em Semipalatinsk que estabeleceu o tal equilíbrio do terror, primeiro atómico e depois nuclear, que obrigou as duas superpotências a desistirem de uma Guerra Quente.