Desp. Aves vence a Taça de Portugal

Dois golos de Alexandre Guedes adiantaram o emblema avense. Montero ainda reduziu para os leões.

O Desportivo das Aves conquistou este domingo a primeira Taça de Portugal da sua história, ao bater o Sporting no Estádio Nacional por 2-1.

Os leões até entraram melhor no jogo, mais ofensivos e pressionantes, mas foi a formação do norte do país a adiantar-se no marcador, aos 16 minutos, por Alexandre Guedes, na resposta a um cruzamento pelo corredor direito por Braga.

Jorge Jesus trocou William Carvalho por Montero ao intervalo, mas quem marcou foi novamente o Desp. Aves, mais uma vez por Guedes (72'), em lance de contra-ataque.

O Sporting ainda reduziu a desvantagem durante a reta final do encontro, através de um remate à meia volta de Montero (86'), mas foi incapaz de igualar o resultado.

Eis os onzes iniciais:

Desp. Aves: Quim; Rodrigo Soares, Carlos Ponck, Diego Galo e Nélson Lenho; Tissone e Vítor Gomes; Amilton, Braga e Nildo; Alexandre Guedes.

Suplentes - Adriano Facchini, Mama Baldé, Falcão, Elhouni, Jorge Fellipe, Fariña e Derley.

Sporting: Rui Patrício; Ristovski, Coates, Mathieu e Fábio Coentrão; William Carvalho e Battaglia; Gelson Martins, Bruno Fernandes e Acuña; Bas Dost.

Suplentes - Salin, Petrovic, Lumor, Misic, Wendel, Montero e Rúben Ribeiro

Ler mais

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.