A despedida de Luís Figo após a morte de Cruyff

O ex-futebolista português deixou uma mensagem de despedido ao holandês, com quem trabalhou em Barcelona

Luís Figo deixou, no Facebook, uma mensagem de despedida a Johan Cruyff, que faleceu nesta quinta-feira, aos 68 anos, vítima de cancro.

"Johan Cruyff, o meu primeiro treinador além-fronteiras e um dos melhores treinadores que já tive. Um homem muito importante na minha carreira e uma grande influência. Hoje tivemos uma grande perda. Obrigado por tudo. Descanse em paz", escreveu o ex-futebolista português.

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.