Inédito. Papa grava mensagem para a final do Super Bowl

Papa Francisco enviou mensagem desejando que o evento deste ano seja símbolo de paz, amizade e solidariedade

É uma estreia: pela primeira vez na história, um Sumo Pontífice da igreja católica gravou uma mensagem para o Super Bowl, a final da liga de futebol americano, que se disputa este domingo em Houston, nos EUA, pelas 18:30 locais (23:30 em Portugal continental).

O Papa Francisco decidiu gravar a mensagem na sua língua nativa, o espanhol, procurando ser compreendido pelos milhões de latinos que vivem nos EUA, num momento em que a administração Trump tem vindo a aprofundar o corte com a comunidade hispânica, nomeadamente devido às tensões com o México pela construção do muro na fronteira entre os dois países.

"Os grandes eventos desportivos como o Super Bowl de hoje são muito simbólicos, porque demonstram que é possível construir uma cultura de encontro e um mundo de paz. Ao participar nos desportos, somos capazes de ir mais além do próprio interesse pessoal e de uma maneira saudável aprendemos a sacrificar-nos, a crescer em fidelidade e no respeito às regras. Que o Super Bowl deste ano seja um símbolo de paz, de amizade, de solidariedade para todo o mundo. Obrigado".

Sabe-se que o Papa é um grande fã de futebol e não é a primeira vez que aproveita um evento desportivo de grande impacto para enviar mensagens de paz e até já organizou no Vaticano um jogo de futebol pela paz que reuniu grandes estrelas mundiais do desporto. Mas nunca tinha referido especificamente o Super Bowl, que faz parar a América e é considerado um dos maiores acontecimentos mediáticos internacionais: no ano passado, foi o programa com maior audiência nos EUA, com 49% das casas norte-americanas a assistir.

Este ano, estarão frente a frente os Atlanta Falcons e os New England Patriots e no estádio de Houston, no Texas, deverá estar a assistir o vice-presidente dos EUA, Mike Pence.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG