Futebolista alemão condenado por posse e distribuição de pornografia infantil

Christoph Metzelder, o antigo guarda-redes da seleção alemã, foi considerado culpado de partilhar fotos de pornografia infantil enfrentando agora 10 meses de prisão.

Nesta quinta-feira o também antigo jogador do Real Madrid foi condenado a 10 meses de prisão suspensa após ter sido considerado culpado por compartilhar fotos de pornografia infantil com conhecidos através de um serviço de mensagens, disse um tribunal de Düsseldorf.

O tribunal considerou Metzelder culpado do delito após uma investigação que começou em 2019 e, o ex-jogador chegou mesmo a admitir na quinta-feira que compartilhava arquivos no WhatsApp.

"Enviei essas fotos embora eu saiba o sofrimento indescritível para as crianças em cada um desses arquivos", disse ao tribunal. "Deixo uma ferida que nunca vai cicatrizar. Tenho que conviver com isso pelo resto da minha vida", acrescentou ainda o antigo presidente do TuS Haltern.

O guarda-redes que terminou a carreira em 2014 afirma que "aceita a sentença" e que pede perdão às vítimas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG