Ricardo Costa explica castigos de Hulk e Sapunaru

Presidente da Comissão Disciplinar da Liga afirma que existiu “atenuação” nos castigos aplicados aos jogadores.

Ricardo Costa, Presidente da Comissão Disciplinar da Liga de Clubes, afirmou que “ficou demonstrado” que Hulk e Sapunaru, dois jogadores do FC Porto, agrediram assistentes no recinto desportivo do estádio da Luz no jogo entre o Benfica e o clube portista num jogo a contar para a primeira volta da Liga Portuguesa.

O Presidente da Comissão Disciplinar afirmou que os castigos aos dois jogadores do azuis-e-brancos tiveram uma “atenuação especial” uma vez que os atletas foram “provocados” pelos assistentes: “ A Comissão Disciplinar entendeu haver uma atenuação especial de pena para os dois jogadores “ acrescentando que  se pôde "avaliar um quadro geral de provocação protagonizado pelos assistentes de recinto desportivo”. Hulk, avançado de 23 anos, foi suspenso por 4 meses e Sapunaru por 6 meses. Já o Benfica foi obrigado a pagar uma multa no valor de 1500 euros que, segundo Ricardo Costa, teve “uma conduta negligente”.

O processo de que foi alvo Helton, guarda-redes do FC Porto, acabou por ser arquivado como explicou o Presidente da Comissão Disciplinar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG