Revisão de estatutos chumbadas na Federação

A proposta de revisão dos estatutos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) foi chumbada este sábado na generalidade por "insuficiência de maioria qualificada" pelos sócios ordinários do organismo, em Assembleia Geral (AG) extraordinária.

Dos 500 votos, o total do quórum da reunião magna, 353 foram a favor, o que corresponde a 70,6 %, quando eram necessários 75,0 %, mais um, e 147 contra (29,4 %).

As associações de Angra do Heroísmo, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Guarda, Horta, Leiria, Portalegre, Porto e Viana do Castelo, bem como os enfermeiros e massagistas (ANEDMF) foram os sócios chumbaram os novos estatutos.

A proposta de adaptação dos estatutos da FPF ao Regime Jurídico das Federações Desportivas (RJFD), decorrente da Lei de Bases da Actividade Física e do Desporto, foi submetida pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) e a Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG