Pedro Martins elogia escolha de Leonel Pontes

O treinador do Marítimo disse esta sexta-feira que espera uma vitória na receção de domingo ao Rio Ave, no jogo, da 30.ª e última jornada da I Liga de futebol, que marcará a sua despedida do cargo.

Na sua antevisão ao jogo, Pedro Martins começou por afirmar que pretende "fazer um bom jogo e acabar no sexto lugar", que não era o objetivo inicial da equipa, mas quer "acabar com dignidade e num lugar honroso da tabela classificativa".

Quando confrontado com a ideia que não seria fácil motivar os jogadores para este último confronto da temporada, por tudo já estar praticamente decidido, Pedro Martins aferiu que "nesta fase, onde há muita indecisão, há gente mais motivada do que outra, o que é perfeitamente normal".

"Existem jogadores que esperam mais uma oportunidade, como é o caso do André [Ferreira], que entrou muito bem em Braga. Haverá sempre uns que estarão melhor do que outros, mas eles sabem que representam o Marítimo e que têm de estar sempre nas melhores condições. Portanto, não será uma questão da motivação, que não é a mesma do que se estivéssemos a lutar por outros objetivos, mas sim de ter a responsabilidade e o dever, de terminar da melhor forma, pois vestimos as cores deste clube", frisou.

Pedro Martins orientará a equipa pela última vez no próximo domingo. Desvalorizando um pouco essa situação, considerou que "esta não é uma situação nova".

"Já a passei em outros momentos. Mas posso dizer que estive aqui quatro anos, representado este clube com muito orgulho. Foram anos onde fui feliz e isso diz e vale muito. Não sou madeirense de 'sangue', mas gosto desta terra e deste povo e vou levá-los comigo, seja para onde for", assegurou.

Todavia, sublinhou que já anda há muitos anos no futebol e sabe que a sua vida "é chegar, trabalhar e partir".

"Já como jogador foi assim, mas fica sempre alguma nostalgia. Mas já temos outro projeto em mente e sabemos que temos de avançar, pois o futuro é que interessa", considerou.

Confrontado com a escolha de Leonel Pontes para liderar o Marítimo na próxima temporada, Pedro Martins considera que "é um técnico competente, que tem feito bons trabalhos com o Paulo Bento [atual selecionador de Portugal], tendo sido sempre um homem leal e de qualidade".

"Desejo-lhe, muito sinceramente, as maiores felicidades para ele e para o Marítimo", afirmou Pedro Martins, garantindo ainda "estar disponível para colaborar com ele e com o presidente, até ao fim".

Quanto ao seu futuro, Pedro Martins confidenciou que na "próxima semana já tudo poderá ser clarificado", sendo o estrangeiro ainda uma hipótese. "Tenho diversas situações em mão, vou estudá-las e depois tomarei uma decisão, sendo também uma equipa da I Liga portuguesa uma hipótese".

O Marítimo recebe no domingo, no Estádio dos Barreiros, às 16:00, o Rio Ave em partida da 30.ª e última jornada, da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrado por Rui Silva de Vila Real.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG