Pedro Emanuel acredita na "capacidade de sofrimento"

O treinador do Arouca, Pedro Emanuel, disse esta sexta-feira que quer uma equipa atenta e sem conceder espaços na visita de sábado ao Sporting, na segunda jornada da I Liga de futebol, reconhecendo o favoritismo dos "leões".

"Sabemos que o Sporting irá ter mais bola, que é extremamente forte naquilo que são as suas individualidades em determinados momentos do jogo e, acima de tudo, preparando a nossa equipa para um contexto de aproveitamento daquilo que serão os momentos em que somos fortes", disse o treinador na conferência de imprensa de antevisão ao jogo de sábado.

Pedro Emanuel explicou ainda quais são os pontos fortes do Arouca, que vai explorar em Alvalade: "a qualidade da nossa saída, a capacidade que nós temos de estar sempre organizados e não permitir ao adversário ir conquistando espaços que não queremos conceder".

"É dessa forma que trabalhamos o nosso dia-a-dia e aquilo que é a nossa identidade. Vai realçar-se mais por ser contra um grande, contra uma equipa que vai ter mais bola, que nos vai obrigar a ter capacidade de sofrimento e ter de correr e jogar sem bola. Por isso, acho que a humildade que temos nos permite acreditar que, nos momentos em que tivermos a bola, vamos fazer a diferença e podemos chegar com perigo à baliza do Sporting", acredita o técnico.

Com previsão de estádio cheio, Pedro Emanuel garantiu que a "pressão existe sempre para o lado do Sporting" e que a possibilidade de Nani entrar em campo só é preocupação "para os outros extremos do Sporting" que deverão estar a pensar "quem irá saltar para dar a possibilidade de jogar a Nani".

O Sporting-Arouca joga-se sábado, às 20:30, no Estádio Alvalade XXI, e será arbitrado por Nuno Almeida (AF Algarve).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG