MP não dá mais tempo à FPF e avança para tribunal

No final da próxima semana, dia 15, acaba o prazo dado pelo Ministério Público (MP) à Federação Portuguesa de Futebol para alterar os artigos dos seus estatutos que não estão em conformidade com a legislação.

Segundo apurou o DN junto de fonte do MP, não será concedida uma nova prorrogação do prazo. Nem mais um dia, pelo que o assunto vai mesmo parar aos tribunais. A acção do MP contra a FPF para pedir a nulidade dos artigos fora da lei deverá dar entrada de imediato, ou seja dia 17.

A nova Assembleia Geral da FPF só está marcada para o final do mês (30 de Abril). Altura em que será discutido e colocado de novo a votação os três pontos chumbados na última reunião magna, referentes à composição e proporcionalidade da AG e a aplicação do método de Hondt na eleição dos conselhos de Arbitragem, Disciplina, Justiça e Fiscal.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG